“Sois todos irmãos” foi o lema da visita do Papa Francisco ao Iraque

 

O desejo de visitar o Iraque vem desde 2019, mas devido a pandemia do COVID-19, as viagens apostólicas foram interrompidas. Em 7 de dezembro de 2020, foi anunciado que o Pontífice retornaria suas viagens, tendo como destino o Iraque, de 5 a 8 de março de 2021.

Em 4 de março Papa Francisco enviou mensagem aos iraquianos com os dizeres:

Desejo muito encontrar todos vocês, ver seus rostos e visitar sua terra, antigo e extraordinário berço da civilização. Venho como peregrino, como peregrino penitente, para implorar perdão e reconciliação do Senhor depois de anos de guerra e terrorismo, para pedir a Deus consolo para os corações e cura para as feridas. E venho até vocês como peregrino de paz, para repetir: ‘Sois todos irmãos’ (Mt 23,8). Sim, venho como peregrino da paz em busca de fraternidade, animado pelo desejo de rezar juntos e caminhar juntos, também com irmãos e irmãs de outras tradições religiosas, unidos pelo pai Abraão, que reúne em uma só família muçulmanos, judeus e cristãos.”

Em recepção calorosa, o líder da Igreja Católica chegou em Bagdá recebido pelo primeiro ministro, Mustafa Abdellatif Mshatat (Al-Kadhimi) e pelo Sr. Rahman Farhan Abdullah Al-Ameri, além de duas crianças que o ofereceram flores.

Mesmo correndo alguns riscos, Papa Francisco manteve sua agenda no país e contou com uma forte segurança de proteção.

Papa Francisco manteve sua agenda, sendo que no primeiro dia da visita houve cerimônia de boas-vindas no Palácio Presidência, em seguida, visitou o presidente da República, Barham Ahmed Salih Qassim, que após seu pronunciamento, o Pontífice fez seu discurso inicial. No mesmo dia, Sua Santidade encontrou com bispos, sacerdotes, religiosos/as, seminaristas e catequistas na Catedral de Sayidat al-Nejat (Nossa Senhora da Salvação).

Veja o resumo do primeiro dia:

No sábado, dia 6, Papa Francisco foi ao encontro histórico do Grande Aiatolá Sayyid Ali Al-Husayni AlSistani, que é o maior ponto de referência religioso, teológico e jurídico para os muçulmanos xiitas no Iraque.

Durante a conversa, o Santo Padre ressaltou a importância da colaboração e da amizade entre as diversas comunidades religiosas, além de ter sido colocado em pauta os grandes desafios enfrentados pela humanidade e o papel da fé em Deus. Ao final do encontro, Papa Francisco reforçou sua oração a Deus por um futuro de paz e fraternidade, e o Grande Aiatolá desejou bem e felicidade ao Papa e aos seguidores da Igreja, e ainda o agradeceu por ter feito a visita em Najaf.

Na parte da tarde, o Pontífice celebrou a Santa Missa na Catedral caldeia de “São José” em Bagdá.

Veja o resumo do segundo dia:

O terceiro dia contou com uma viagem até Erbil e Mosul, onde fez uma oração de sufrágio pelas vítimas da guerra. Logo após foi para Qaraqosh na qual encontrou a comunidade na igreja da Imaculada Conceição, e na parte da tarde voltou a Erbil para a celebração da Santa Missa no Estádio “Franso Hariri”.

A celebração eucarística contou com cerca de 10 mil participantes devido a pandemia, mas Papa Francisco percorreu o espaço com o papamóvel para saudar os iraquianos. Ao final, o Pontífice se despediu do país afirmando:

O Iraque ficará sempre comigo, no meu coração. Peço a todos vocês, queridos irmãos e irmãs, que trabalhem juntos e unidos por um futuro de paz e prosperidade que não deixe ninguém para trás, nem discrimine ninguém. Asseguro a vocês as minhas orações por este amado país. De modo particular, rezo para que os membros das várias comunidades religiosas, juntamente com todos os homens e mulheres boa vontade, cooperem para forjar laços de fraternidade e solidariedade ao serviço do bem comum e da paz. Salam, salam, salam! Shukrán [obrigado]! Deus vos abençoe a todos! Deus abençoe o Iraque! Allah ma’akum [fiquem com Deus]!”

Veja o resumo do último dia:

Com certeza a viagem foi histórica, já que nenhum Papa tinha visitado o país até então, mas ganhou uma dimensão ainda maior com o encontro do Pontífice e da mais alta autoridade xiita iraquiana, o Grande Aiatolá Sayyid Ali Al-Husayni AlSistani.

Para mais informações, no site Vatican News tem várias matérias sobre cada momento da viagem.

 

Bruna Borges Bianchi

Santuário Basílica Nossa Senhora da Abadia

Arquidiocese de Uberaba- MG

Uberaba- MG

 

Fontes: https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2020-12/papa-francisco-viagem-apostolica-iraque-marco-2021.html

https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2021-02/viagem-apostolica-iraque-programa-marco-2021.html

https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2021-03/papa-francisco-iraque-encontro-aiatola-al-sistani-najaf.html

https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2021-03/papa-francisco-homilia-missa-estadio-hariri-erbil-igreja-no-iraq.html

https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2021-03/papa-francisco-missa-saudacao-despedida-viagem-iraque-erbil.html