Na sexta-feira seguinte à Solenidade de Corpus Christi, a Igreja celebra a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus.

Esta Solenidade nos mostra que “a festa do Coração de Cristo conduz a essência do Cristianismo: a pessoa de Jesus, Filho de Deus e Salvador do mundo, manifestado no mistério mais íntimo do seu ser, nas profundezas de onde brotam todas as suas palavras e ações: seu amor filial e fraterno até a morte” (cf. Missal Dominical – Missal da Assembleia Cristã).

Este mistério de amor do Sagrado Coração de Jesus foi propagado sua devoção através de Santa Margarida Maria Alacoque, que, em 1675, teve o mais extraordinário prelúdio, onde Jesus pediu que estabelecesse uma festa para honrar o Seu coração a sexta-feira depois da oitava da Festa do Corpo de Deus. 

Jesus fez à Santa Margarida algumas promessas, dentre essas está a das Nove Primeiras Sextas-feiras do mês: aos fiéis que fizerem a Comunhão em nove primeiras sextas-feiras de cada mês, seguidas e sem interrupção, prometeu o Coração de Jesus, a graça da perseverança final. 

As outras promessas do Coração de Jesus a Santa Margarida Maria Alacoque¹:

1 – Conceder-lhe-ei todas as graças necessárias ao seu estado.

2 – Porei a paz em suas famílias.

3 – Consolá-los-ei nas suas aflições.

4 – Serei seu refúgio na vida e especialmente na hora da morte.

5 – Derramarei copiosas bênçãos sobre suas empresas.

6 – Os pecadores encontrarão no meu Coração a fonte, oceano infinito de misericórdia.

7 – Os tíbios se tornarão fervorosos.

8 – Os fervorosos alcançarão rapidamente grande perfeição.

9 – Abençoarei os lugares onde estiver exposta e venerada a imagem do meu Coração.

10 – Darei aos sacerdotes a força de comover os corações mais endurecidos.

11 – O nome daqueles que propagarem esta devoção ficará escrito no meu Coração e de lá nunca será apagado.

Apesar do prelúdio ter ocorrido em 1675, somente em 23 de agosto de 1856 que o Papa Pio X, após a aprovação da Missa em honra ao Coração de Jesus pelo Papa Clemente XIII, estendeu a Festa para toda a Igreja, quando a Solenidade foi efetivamente difundida por todo o mundo, estando presente até os dias de hoje.

E não é só Santa Margarida Maria Alacoque que venera o Sagrado Coração de Jesus. Muitos outros Santos também o fazem, a exemplo de Santo Agostinho e São João Eudes, este por sua vez que foi o grande propagador dessa devoção no século XVII.

Existe uma oração, que diz: “Sagrado Coração de Jesus, que tanto nos amais, fazei com que vos ame cada vez mais. Senhor, manso e humilde de coração, fazei o nosso coração semelhante ao Vosso!”, que significa o pedido para que o Senhor reconstrua o nosso modo de amar, que amemos de verdade, como Deus nos ama e nos aceita como somos.

Celebrar esta Solenidade é vivenciar, acima de tudo, o Amor.

E que assim, tenhamos a certeza, através da devoção ao Sagrado Coração de Jesus, que Ele nos proporciona o verdadeiro alívio das nossas dores, a alegria no amor e a fé na salvação. 

E nas palavras de Santa Margarida Maria Alacoque: “Que eu obtenha de tua amada bondade a graça de ter meu nome escrito em Teu coração, para depositar em ti toda minha felicidade e glória, viver e morrer em tua bondade.”

Sagrado Coração de Jesus, nós temos confiança em Vós!

 

Jéssica Delmoni

Paróquia Santa Catarina Labouré

Arquidiocese de Maceió

 

¹ https://formacao.cancaonova.com/espiritualidade/a-festa-do-coracao-de-jesus/